Já se inscreveu?

Que bom que você chegou.

Escolher um Planejamento Selvagem é dizer sim para um jeito regenerativo de criar, no dia-a-dia, o mundo em que você realmente quer viver. Tudo no seu ritmo, respeitando suas necessidades profundas e honrando seu corpo, suas relações e o planeta. 

Sentiu o chamado? O Planejamento Selvagem abre as portas em novembro!

Enquanto isso, temos um presente para você. Clica aí embaixo para receber um e-book exclusivo que apresenta nossas 11 premissas selvagens para uma vida criativa. Quando as inscrições para o Planejamento Selvagem estiverem abertas a gente te avisa 😉 

Enquanto a gente prepara o salão para abrir as portas, você pode saber mais sobre o Planejamento Selvagem explorando as informações nesta página. A gente mal pode esperar para estarmos juntas, no momento perfeito para você. 

No seu ritmo

No Planejamento Selvagem não existe atraso. Você começa quando quiser — começar é uma delícia. Mas é nos recomeços que a magia acontece. Todo mês a gente propõe uma pequena pausa para reencontrar suas prioridades. Nas sessões de lua nova, refletimos em comunidade sobre as últimas semanas e reafirmamos as intenções para as próximas: um processo cíclico e poderosíssimo. Você não precisa correr pra “acompanhar”, o Planejamento Selvagem acompanha o seu ritmo.

O que você recebe

METODOLOGIA ACESSIVEL

Em uma série de vídeos, Barbara e Mariana apresentam o método de Planejamento Selvagem. Você assiste aos módulos no seu ritmo, quanta vezes quiser, e usa o material de apoio para garantir que cada sessão faz sentido na sua vida. 

FERRAMENTAS SIMPLES

Pausas para reconexão, sessão ao vivo todo mês, sala virtual para trabalho focado, lives temáticas, entrevistas exclusivas, séries em áudio e ferramentas para expandir nossa conexão ao longo do ano todo.

CONVERSAS TRANSFORMADORAS

Durante um ano inteiro, vamos estar conectadas em uma comunidade diversa. Em grupo, nossas conversas e práticas ficam mais transformadoras, e os insights, mais claros.

O que você vai aprender na jornada?

Aprenda a criar uma visão autenticamente sua

O Módulo 1 foca nos seus desejos e sonhos (ou a falta deles). Em três sessões, vamos te ensinar a organizar e potencializar suas intenções, desejos e sonhos, para que você possa definir objetivos que refletem o que você quer de verdade (e não o que te disseram que era possível). Neste módulo você vai entender melhor de onde surge a sensação de paralisia e o medo da responsabilidade e acessar estratégias para usar a “mania de controle” ao seu favor.

Planeje com espaço para o sentir

Em duas sessões imperdíveis, o Módulo 2 te ajuda a usar seus sentimentos e sensações para pensar projetos que geram resultados E bem-estar. Você vai escolher suas sensações-chave e aprender a usá-las como bússola para tomar decisões com clareza e flexibilidade, sem trair a si mesma, além de criar estratégias sob medida para o seu dia-a-dia, para começar a experimentar seus sonhos enquanto trabalha na direção deles. Você vai acessar ferramentas e métricas femininas essenciais, que te ajudam mesmo quando tudo lá fora está incerto.

Revolucione sua relação com o tempo (e com a sua agenda)
 

O Módulo 3 foca na sua relação com o tempo, na prática. Em três sessões, você vai entender como usar os ciclos da natureza para fazer o tempo trabalhar ao seu favor. Você vai acessar um segredinho para se relacionar de um jeito mais eficiente e saudável com sua lista de tarefas e para acabar de vez com a sensação de estar “correndo atrás”. No fim do Módulo 3, você vai ter todas as ferramentas para manter suas intenções ativadas durante todo o ano, celebrando e retomando o foco a cada ciclo.

DEPOIMENTOS

Roberta – Brasília

O PS foi apoio e autocuidado durante todo o ano, eu aprendi a buscar dentro de mim meu verdadeiro propósito. Me deu permissão para ser múltipla como eu sempre soube que era, mas a sociedade e as noções atuais de sucesso me fizeram acreditar que era errado ter vários interesses e talentos.

Maria Fernanda – São Paulo

Por meio do Planejamento Selvagem, eu descobri muitas coisas valiosas, então eu encaro como uma ponte que me conectou com conhecimentos e pessoas que eu precisava encontrar.

Ísis – Santa Maria

Fiz a inscrição enquanto estava no meio de um trabalho muito longo e difícil, precisava de algo que me auxiliasse a me encontrar e continuar. Me senti acolhida e energizada por esse grupo tão lindo. Tem muitas mulheres tentando fazer as coisas de uma maneira diferente. O Planejamento Selvagem abre várias novas portinhas para podermos explorar.

Aline – Barueri

Sempre me cobrei muito para fazer as coisas no ‘tempo certo’ e o fato de sempre lembrar que o Planejamento Selvagem não tem um ‘tempo certo’, fazia eu me sentir muito tranquila. Viver os meus sonhos hoje, sem ter que sofrer para atingi-los colocando minha saúde mental e física de lado, me fez e, me faz, muito mais feliz e plena, o PS me ensinou isso.

Clarissa – Porto Alegre

A palavra chave do PS, para mim, é acolhimento. Me senti acolhida e com isto, forte o suficiente para realizar o que eu queria. De planejar com o coração, para coração, com respeito aos ciclos e ritmos, impulsionando que o que queremos realizar (e que não é pouco!), através da potência desse movimento que é gerado pela participação de todas nós. Cada uma em seu ritmo, em seu ambiente, talvez adormecida em seu próprio sonho, ganha uma força extra para realizá-lo, seja ele qual for.

Rosana – Porto Alegre

Me senti autorizada (e compreendi) a importância de respirar, parar, descansar, não dar conta de tudo, fechar a porta do escritório, e me fortalecer. O Planejamento Selvagem me ajudou a ajeitar a minha casa interna, a olhar pra dentro, a fazer leituras acerca do meu cotidiano, a me fazer perguntas, e me lembrou a importância de estar com outras mulheres.

Nidia, 32 – Porto Alegre

Tudo o que eu me propus durante o planejamento se concretizou. Isso me deu um grau de confiança em mim que eu acho que nunca tive antes. Me ajudou a olhar para mim mesma como uma mulher confiante, com autoestima. Acho que eu nunca me achei tão bonita quanto me acho hoje.

Beth, 48 – São Bernardo do Campo

Foi uma experiência maravilhosa de encontro comigo mesma e percepção das minhas reais necessidades. As ferramentas são vivenciadas. A energia do grupo é inspiradora. Juntas realmente fica mais fácil!

Nana, 31 – Buenos Aires

Antes de começar eu tinha receio de não conseguir fazer os checkins e “estragar tudo”, mas me surpreendi. Me ajudou muito a priorizar o que é mais importante pra mim. O melhor foi a conexão com as sensações-chave, a desmistificação do estado criativo.

Luciana, 47 – Porto Alegre

Eu estava completamente envolvida em um cotidiano que me consumia e não achava tempo para mim. Aí de repente eu descobri que eu podia criar tempo. Isso foi muito, muito potente, abriu espaço para mim na minha vida.

Não tem certeza se é para você?

O Planejamento Selvagem NÃO é para você se…

…você está em busca de uma solução milagrosa que não exige esforço algum

…você está satisfeita com o ritmo em que seus projetos estão andando

…você gosta de mentir para si mesma ou colocar a culpa nos outros quando as coisas não correm como você esperava

…você não importa de continuar sacrificando seu bem estar pessoal em nome da produtividade

…você prefere colocar seus sonhos em segundo plano do que decepcionar alguém

…você não está pronta para investir em si mesma

O Planejamento Selvagem é para você se…

…você está disposta a questionar seus padrões e crenças

…você tem as ideias mas tem dificuldade de priorizar aquilo que é importante pra você

…você gosta de fazer as coisas do seu jeito e de aprender sobre si mesma enquanto faz algo diferente

…você às vezes se sente sobrecarregada, isolada, duvida do próprio talento ou tem vontade de jogar tudo para o alto e desistir

…você prefere fazer as escolhas que funcionam para você do que agradar todo mundo na sua vida

…você já sabe que algo precisa mudar mas não sabe bem por onde começar

FAQ

Por que vocês falam em "criadoras"? Eu não sei se sou uma criadora.

A gente usa a palavra criadora para falar da nossa comunidade porque acreditamos que criar é mais do que algo que a gente faz: é o nosso estado primordial. Quando a gente está bem, a gente cria: uma mesa bonita, um desenho, um look, um produto, um poema, um bolo, um festival, um filho, uma empresa… Não interessa qual a sua profissão, estilo de vida ou lugar de origem, você é uma criadora. Mesmo que ainda não saiba disso.

E se eu me inscrever e não gostar, posso cancelar?

Se você se arrepender da inscrição em um prazo de 7 (sete) dias, o valor que você pagou é devolvido integralmente. Depois disso e em até 60 (sessenta) dias, quem optou por pagar R$ 432 recebe uma devolução de R$ 303, e quem escolheu pagar R$ 528 ou R$ 648 recebe R$ 370. Após 60 dias, não fazemos devolução de qualquer parte do valor. Caso você se arrependa da sua inscrição, você também pode optar por dar sua vaga de presente para uma amiga ou até mesmo concedê-la para uma bolsista. Em qualquer um desses casos, você deve escrever para o e-mail oi@planejamentoselvagem.com.br e nos informar sobre sua decisão.

Por quanto tempo terei acesso ao Planejamento Selvagem?

Você terá acesso por 12 meses. Nesse período, você receberá os e-mails mensais com check-ins e convites para as sessões ao vivo (e, claro, para todos os encontros que decidirmos fazer ao longo do ano!). Você também poderá acessar os módulos, conteúdos extras, gravações de sessões mensais e participar das conversas que rolam na nossa rede de criadoras.

Quanto tempo eu preciso dedicar ao Planejamento Selvagem?

O Planejamento Selvagem tem 3 módulos em vídeo que você pode acessar a qualquer momento ao longo do ciclo em que você estiver inscrita. Vamos te dar uma ideia do tempo de duração desses vídeos, mas você precisa considerar que cada vídeo é acompanhado de exercícios e cada pessoa leva o tempo que considera necessário em cada um deles. Para ter uma ideia, o tempo dos vídeos é o seguinte:

Módulo 1: 3 vídeos que, somados, totalizam cerca de 35 minutos
Módulo 2: 2 vídeos que, somados, totalizam cerca de 60 minutos
Módulo 3: 3 vídeos que, somados, totalizam cerca de 55 minutos

Porém, a gente não recomenda que todos sejam assistidos de uma vez só. Um ritmo excelente seria, por exemplo, dedicar uma tarde de um final de semana para cada um dos módulos. Mas tem gente que acaba assistindo aos vídeos mais de uma vez, ou que deseja mais tempo para fazer os exercícios… Enfim, uma coisa importante que a gente sempre repete é que você é quem conhece suas necessidades e seu ritmo melhor do que ninguém.

Além disso, a gente envia um check-in mensal (perto da lua nova). Você pode dedicar 15 minutos a uma hora ao check-in, dependendo da sua vontade e momento. E, pertinho do envio do check-in, a gente faz uma live, que dura cerca de 1h30min. Dá para participar ao vivo ou assistir depois. Todas as lives do ano ficam gravadas. Nem todo mundo assiste a todas as lives. Não tem problema nenhum “pular” a live de qualquer ciclo.

Propomos também encontros e atividades extras, como bônus, de acordo com o que percebemos que faz sentido para a nossa comunidade naquele momento. E, claro, na nossa rede temos espaço para compartilhar experiências e você pode decidir participar ou não dessas conversas, de acordo com sua vontade, interesse e disponibilidade.

Eu posso dar uma inscrição de presente para outra pessoa?

Pode, sim! Para isso, escolha o valor que você quer pagar e faça o processo de pagamento usando os seus dados pessoais. Em seguida, escreva para o e-mail oi@planejamentoselvagem.com.br (usando o mesmo e-mail que você usou na hora do pagamento), informando o nome e e-mail da pessoa presenteada. Nós faremos contato com ela, enviando as instruções para que ela comece o seu Planejamento Selvagem.

Posso compartilhar meu login e senha com outras pessoas?

Não. A inscrição no Planejamento Selvagem é individual. Os seus dados de acesso são pessoais e não podem ser compartilhados com outras pessoas.

Posso fazer download de todos os materiais para acessar offline?

Os materiais que estão disponíveis no site como arquivos .PDF estão disponíveis para download. Vídeos e áudios não podem ser baixados. É necessário estar conectada à internet para assisti-los.

Como eu me inscrevo para concorrer a uma bolsa?

O Programa de Acesso Solidário é para quem sente que o Planejamento Selvagem poderia ajudar, mas não tem condições financeiras de pagar pelo valor da inscrição. Em 2021, as inscrições para candidatas a bolsa foram encerradas no dia 31 de janeiro. Se você se inscreveu, por favor, aguarde nosso retorno pelo e-mail que usou ao fazer o cadastro. 

Recebemos mais de 300 solicitações de apoio financeiro. O número de bolsas concedidas está relacionado ao número de inscrições pagas, por isso, o número total de vagas concedidas ao Programa de Acesso Solidário só será conhecido quando encerrarmos o período de inscrições.

Se quiser saber mais, você pode consultar os termos do Programa de Acesso Solidário.

As sessões mensais são individuais ou em grupo?

As sessões ao vivo do Planejamento Selvagem sempre são em grupo. Não são oferecidos encontros individuais.

O Planejamento Selvagem é só para mulheres?

O Planejamento Selvagem tem como prioridade criar espaços acolhedores para mulheres. Todas as pessoas dispostas a participar desse tipo de espaço são bem-vindas.

AS CRIADORAS

Juntas criamos o Talvez Seja Isso (o podcast mais selvagem da Web) e mergulhamos em um estudo profundo e vivencial dos arquétipos e mitos de Mulheres que correm com os lobos. A partir dessa experiência, sonhamos juntas uma metodologia ancorada nos conceitos do feminino selvagem, um caminho simples e intuitivo para dar suporte à vida criativa de nossa comunidade.

Assim nasceu o Planejamento Selvagem, um programa online para criadoras que querem gerar impacto no mundo sem abrir mão das próprias necessidades mais profundas.

Barbara Nickel e Mariana Bandarra

Ficou alguma dúvida? 

Manda pra gente! 

4 + 15 =